top of page

Cancún, vale a pena ir agora?


Em tempos de portas do mundo fechadas por causa do novo coronavírus, planejar uma viagem internacional com voo direto e passagem tranquila pela imigração virou atividade restrita a poucos destinos. No caso de cidadãos do Brasil, especialmente, mas dos Estados Unidos e da Europa também, a bela faixa de mar caribenho da Riviera Maia, no México, se tornou roteiro de altíssima procura — sendo a entrada principal o balneário de Cancún, com sua costa repleta de resorts.


Depois de ver o movimento turístico encolher 60% no ano passado, a região apareceu, tanto no inverno do Hemisfério Norte quanto no verão dos trópicos, como o refresco possível (embora não muito seguro) para multidões cansadas dos limites impostos pela pandemia: recebe turistas de qualquer parte e não exige teste de contágio de Covid-19 — basta preencher um questionário on-line e embarcar.


Pelas facilidades que oferece, a cidade saltou da nona posição para o topo da lista de destinos estrangeiros mais frequentados por brasileiros no primeiro semestre de 2021. O aeroporto local registra desde dezembro um pouso a cada cinco minutos, com visitantes de todas as nacionalidades.


Além de atrair turistas, o México virou rota alternativa para brasileiros e viajantes de outros países de acesso restrito que queiram chegar aos Estados Unidos, visto que os voos entre os dois destinos seguem normais. Embora ainda não haja estatísticas que confirmem a influência desses fatores no aumento de visitantes, em 2020, com todo o baque do setor turístico, o México foi o país mais visitado da América Latina e o terceiro do mundo, atrás de Itália e França.


Após entrar no país sem grandes transtornos, o turista precisa seguir a tríade do distanciamento social, álcool em gel e máscara de proteção obrigatória em lugares públicos. A vasta oferta de acomodações em Cancún, Tulum e outros pontos da Riviera Maia resulta em preços para todos os bolsos. A média diária de um resort com comida e bebida incluídos equivale a 1 042 reais, o que aumenta o atrativo.


Além de descansar à beira das águas cristalinas do Caribe, a Riviera Maia oferece parques ecológicos, pirâmides e outros sítios arqueológicos da antiga civilização maia e ilhas como Cozumel, feita para exploração e mergulho. Por tudo isso, Cancún, o ponto de entrada, corresponde agora a 30% das viagens internacionais feitas por brasileiros — no ano passado, era apenas 8%.


Para quem deseja visitar o México é importante dizer que entrou em vigor desde 01 abril/21, uma nova taxa turística para quem visita Cancun e outras cidades do estado de Quintana Roo. A taxa tem valor de $224 pesos mexicanos ou aproximadamente US$10 dólares (por pessoa) que pode ser paga antecipadamente, na chegada ou durante a sua estadia


Um outro ponto importante a ressaltar é o teste RT-PCR negativo emitido com até 72 horas antes do seu embarque de volta para o Brasil. — e atenção, as pessoas que testarem positivo são obrigadas a fazer quarentena de catorze dias antes de voltar.


Enquanto o “passaporte vacina” não vem, é nas praias mexicanas que boa parte do mundo se encontra.


E ai, o que achou desse post? deseja realizar uma viagem ao exterior nesse momento? Diz ai pra gente nos comentários o que achou dessa dica, e já marca lá no instagram aquela pessoa que precisa te levar para essa viagem. ;)

10 visualizações0 comentário
bottom of page